SINDIPAR E SEESFIR estabelecem os critérios para Convenção Coletiva da Saúde em Foz do Iguaçu

 

Realizada ontem (8) a 5ª reunião de negociação da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2017 dos trabalhadores em estabelecimentos e serviços de saúde de Foz do Iguaçu e Região.

 

O SEESSFIR e o SINDIPAR se reuniram ontem para buscar um consenso a fim de discutir as propostas apresentadas para o fechamento das negociações coletivas dos trabalhadores da saúde da iniciativa privada. As duas entidades chegaram a um consenso que vem de encontro com as exposições do Presidente do Sindicato dos trabalhadores da Saúde Paulo Sérgio Ferreira, corrigindo assim o índice inflacionário e também com ganho real.

 

O representante do SINDIPAR – Dr. Bruno Milano expôs que a situação dos Hospitais não é diferente das demais instituições do país, e que neste momento de crise as partes buscassem o bom senso.

 

Finalizada a reunião e conforme aprovado pelos trabalhadores na assembleia do dia 25/02/2016, o acordo formalizou-se da seguinte forma: 12% de aumento salarial, 12% de aumento nos pisos de Hospitais e demais estabelecimentos de saúde. Vale alimentação de R$ 360,00 reais para trabalhadores de Hospitais – aumento de 20% Vale alimentação de R$ 400,00 para trabalhadores de Clinicas – aumento de 15%. Licença paternidade de 07 dias. Aumento no valor do índice de insalubridade e Auxilio Creche.

 

Desta forma as empresas já podem aplicar o aumento, bem como, o Sindicato em breve após homologação do Ministério do Trabalho irá divulgar a Convenção no site do Sindicato.

 

Na terça-feira as 13h00min horas acontecerá a Assembleia com os Trabalhadores do Hospital Costa Cavalcanti para apresentação, discussão e votação da proposta apresentada pelo Empregador. A direção do SEESSFIR gostaria de agradecer a todos os trabalhadores por estarem junto do Sindicato nesta luta e novamente lembrar que: juntos somos mais fortes.

 

Atenciosamente,

 

Paulo Sérgio Ferreira – Presidente SEESSFIR

Please reload

Featured Posts

Mudança de entendimento da Quarta Turma do STJ: Rol de Procedimentos da ANS é julgado como taxativo.

August 28, 2020

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags