Buscar
  • TRT9

Audiência em Dissídio Coletivo: SIMEPAR X Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do OPaeaná



Não houve acordo na audiência de conciliação do dissídio coletivo que abrange médicos e hospitais de regiões do interior do estado. A sessão aconteceu na tarde desta quinta-feira (9/3), na sede do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, em Curitiba. O impasse é o piso salarial-hora dos profissionais. O Simepar (Sindicato dos Médicos do Paraná) propôs o valor de R$ 75,00, destacando que categorias similares que atuam em outras partes do estado e do País recebem R$ 80,00 ou mais. Os sindicatos que representam os estabelecimentos de saúde ofereceram R$ 42,00.


As entidades patronais frisaram a impossibilidade de arcar com um custo maior. Após tentativas frustradas de entrar em um consenso, a desembargadora Marlene T. Fuverki Suguimatsu, que presidiu a sessão, determinou o fim da instrução do processo.


Nas próximas semanas, haverá uma série de deliberações, como abertura de prazos para manifestações das partes e do Ministério Público do Trabalho. Em seguida, o dissídio seguirá para julgamento.

Notícia publicada em 9/3/2017 Assessoria de Comunicação do TRT-PR (41) 3310-7313 ascom@trt9.jus.br

5 visualizações
  • Branca Ícone Instagram
  • fb_03.png

Escritório de Advocacia especializado em Direito Médico e Hospitalar

Curitiba . PR

Rua Almirante Tamandaré, 1419. Juvevê

CEP: 80.040 - 110

+55 41 3311 . 2311

fmem@fmem.adv.br